Como fazer Kombucha – Parte1: O SCOBY

178.6K

O SCOBY definitivamente não é uma coisa bonita, então para a gente usar sem sentir nojo é legal entender direitinho o que ele é. A palavra SCOBY é, na verdade, uma sigla em inglês: Symbiotic Culture Of Bacteria and Yeast, que em português significa Cultura Simbiótica de Bactérias e Leveduras. Alguns lugares descrevem o C como Colônia, mas na biologia uma colônia possui apenas organismos geneticamente iguais, enquanto que uma cultura possui diferentes.

A cultura que usamos para fazer o Kombucha pode possuir diferentes tipos de bactéria, mas em geral possuem acetobacter, ou seja, bactérias que produzem ácido acético, e é por isso que temos o sabor azedinho no Kombucha. Além disso podemos enocntrar diferentes tipos de leveduras do gênero Saccharomyces, muito usadas nas produções de cervejas, vinhos e pães.

Como conseguir um SCOBY?

Uma das soluções mais rápidas é procurar em um grupo do Facebook. Recomendo o grupo “Kefir de Agua e Kombucha – Probioticos Veganos“, as pessoas são muito ativas e solícitas.

Outra opção é começar a sua cultura a partir de um kombucha comercial comprado em algum supermercado ou de outra pessoa. Em feiras como a Junta Local, que acontece sempre no Rio de Janeiro, você pode encontrar fácil, em redes de supermercados grandes também. Depois disso, basta seguir o passo a passo abaixo, que é muito parecido com o de fazer seu próprio Kombucha em casa.

5 de 2 opiniões

Primeiro Kombucha (sem um SCOBY)

Descubra aqui a receita para fazer seu primeiro kombucha e iniciar sua cultura probiótica em casa!
Tempo de Preparação 10 mins
Tempo Cozinhando 3 hrs
Fermentação 21 d
Tempo Total 21 d 1 hr 10 mins

Equipamento

  • Pote de Vidro de 2L
  • Pano de Voil
  • Elástico
  • Panela
  • Álcool 70 líquido

Ingredients

  • 900 ml Água
  • 10 g Chá Verde ou Preto (ou 5 bolsinhas de chá)
  • 110 g Açúcar Branco
  • 200 ml Kombucha

Instruções

  • Ferva a água e adicione o chá
    Coloque a água em uma panela e aqueça até ferver. Quando ferver, desligue o fogo e adicione o chá. Deixe em infusão por 5 ou 6min e retire a erva da água. É importante retirar a erva da infusão na água, pois longas infusões tendem a gerar um amargor desagradável.
  • Adoce o chá com o açúcar
    Adicione o açúcar e dissolva bem. No final das contas seu kombucha não vai ficar doce, o açúcar é apenas a comida para a fermentação. Não deve-se utilizar mel em qualquer hipótese, já que o mel é "cru. Também não recomendo utilizar açúcar mascavo, caso queira substituir por algum outro açúcar, utilize demerara.
  • Deixe o líquido esfriar até a temperatura ambiente
    Aqui é importante deixá-lo tampado para evitar que entrem contaminantes como insetos, bactérias ou qualquer outras coisa que possa cair dentro do chá pronto e adoçado.
  • Sanitize seu Pote de Vidro
    Garanta que o pote esteja bem lavado, sem detergente ou sem restos de nada. Depois disso, borrife álcool 70 e deixe-o secar de cabeça para baixo por 5min. Não utilize pano.
  • Misture o chá adoçado ao Kombucha
    Despeje o chá adoçado que agora está a temperatura ambiente no seu pote de vidro. Na sequência, adicione o Kombucha comercial.
  • Cubra com o pano de voil e deixe fermentar
    Tape a boca do pote com o pano de voil (ou 3 perfex, o importante é que o ar possa circular, mas nenhum inseto consiga entrar) e prenda bem com o elástico. Deixe em um local escuro, a temperatura ambiente por 21 dias, a natureza vai fazer a mágica nesse tempo!
  • Acompanhe a fermentação
    Olhe como anda sua fermentação de tempos em tempos. Vai ser normal ver bolhas surgindo e também que haja uma fina camada, chamada de biofilme, se formando na parte superior do líquido (isso é o SCOBY!). Preste atenção para que não haja mofo (daqueles brancos ou pretos), caso encontre mofo, descarte toda a bebida, é mais seguro para você.
    fina camada kombucha
  • Tudo pronto!
    Agora você pode descartar 80% desse líquido (ele vai estar extremamente ácido) ou utilizar como vinagre, vai do seu gosto. Com os 20% que restaram e com o scoby que se formou em cima, você vai poder começar sua produção caseira de Kombucha – confira o passo a passo aqui no Fermentando Caos.

Vídeo

Author: Diego Dacal
Cost: R$20
Course: Drinks
Keyword: kombucha

foto de cabeçalho: Jason

Join the Conversation

    1. Pode ser qualquer sabor para iniciar. Mas quando voce iniciar, o ideal é que comece a propagar só com o chá (preto ou verde) até que tenha um scoby bem saudavel.

    1. Infelizmente precisamos de Kombucha para começar o Scoby. Isso porque precisamos de um início da cultura de bacterias e leveduras, para daí proliferar elas e ter o nosso proprio kombucha mais pra frente.

          1. Boa tarde, Diego.
            estou conhecendo o Kombucha esses dias. Já utilizo o Kefir. Onde do Rio você é? Pois tenho interesse em conseguir Scoby

          2. Oi, Diego!
            Experimentei o Kombucha há 15 dias e estou apaixonada! Me sinto um pouco relutante em começar a produzir sozinha, ainda não entendi qual é a quantidade produzida no primeiro preparo e nem a periodicidade desta produção.
            Não quero produzir demais e jogar fora, acho um pecado!
            Já li muitas coisas, mas ainda não entendi quando exatamente a bebida está pronta, é pelo número de dias ou pelo paladar?
            Um abraço,
            Hilda
            ,

          3. Oi, Hilda. Não tenha medo! A primeira leva não precisa ser muito grande, pode fazer algo como 500ml a 1l. Depois nos ciclos de produção o ideal é ver quanto você vai beber e planejar aquele volume pra produção durante o tempo de produção da próxima. Por exemplo, os ciclos de produção demoram em média uns 15 dias, daí se você consumir 200ml por dia, o ideal seria produzir uns 3l. Mas o ideal é você começar devagarinho e ir aumentando gradualmente pra ver quanto você precisa. 😉

          4. Diego,

            Bom dia, gostaria de receber uma doacao de Scoby. Estou no rio de janeiro tambem na regiao da Barra da Tijuca. Como faço para conseguir?

          5. Oi, Cesar. Me mudei pra SP, infelizmente. Mas no Facebook tem vários grupos onde você consegue encontrar.

  1. Essa receita que vc ensina é para “criar” um Scoby? Basta então comprar uma bebida de kombucha que eu consigo “criar” meu próprio scoby? Me perdoe minha ignorância, mas eu tomei conhecimento do kombucha há pouquíssimo tempo e sou muito leiga ainda. Abraço.

    1. Isso, Pam. O Kombucha é uma bebida viva, cheia de probióticos (bactérias e leveduras) vivos. Se você não tiver a possibilidade de receber doações do Scoby, você pode sim começar a partir de um pouco da bebida, eu fiz o meu primeiro assim. Mas se você não tiver muita paciência, pode procurar os grupos de Kombucha no Facebook que tem MUITOS doadores de scoby em diversos lugares.

      1. Oi Diego! Eu fiz esse passo a passo p obter um scooby a partir de um kombucha pronto… iniciei o processo há 1 semana, e apareceram algumas películas soltas no chá, e um pó no fundo do pote de vidro. É isso mesmo que acontece? Obrigada!

        1. Isso, normalmente acontece isso até que a pelécula em cima fiquei homogênea. Mas se achar que tem algum problema, pesquisa no google sobre “problemas no kombucha” que tem vários artigos. Eu ainda não escrevi um por aqui, mas está nos meus planos! 🙂

  2. Olá Diego a minha dúvida é, depois da primeira fermentação, eu continuo a usar o meu scoby original e doo a nova q surgiu a partir da q recebi?
    PS. Corrigindo email por contato

    1. Você pode doar ou começar a produzir outro jarro ou até jogar fora, caso não encontre ninguém que queira. Eu, de tempos em tempos, jogo o scoby mais velho fora e começo a usar os novos.

  3. Bom dia !!!
    Sou de Vitória da Conquista- Bahia
    Estou a procura do Kombucha , gostaria de saber se tem como fazer o scoby em cada para eu começar fazer o uso…
    Desde já agradeço

    1. Na geladeira você reduz o metabolismo da cultura, então se for pra guardar por mais tempo o bom seria deixar na geladeira. Mas não esquece de manter o líquido com ela, para não ressecar e queima, ok?

  4. Oi, Diego, desculpa estou querendo comecar a tomar o Kombucha, ja tomo o kefir de leite, e to pesquisando p entender um pouco, rs, mas nao sei se entendi, quer dizer que o Scooby é o que forma o kombucha? senão for isso poderia me explicar< o que seria o scooby?

    1. O termo é SCOBY, não scooby, e na verdade é o acronimo em ingles para “Cultura Simbiótica de Bacterias e Leveduras”. Em termos práticos é como se fossem os cristaiszinhos do Kefir, mas no caso do Kombucha é um disco meio que gelatinoso que faz a fermentação do chá adoçado.

  5. Olá, Diego. Recebi hoje o meu scoby no saquinho, mas ainda não tenho o material necessário para preparar o kombucha. O que fazer com o saquinho? Onde guardar até adquirir o material (vidro e utensílios de manuseio)? Transferir para outro recipiente? Colocar na geladeira? Tô perdida…

      1. Diego, eu sou do Rio (eixo Humaitá/Botafogo/Centro) e estou à procura de doação de scooby. Vi em alguns comentários acima que vc costuma doar. Seria possível vc me doar um? 🙂 Muito obrigada.

  6. Boa tarde.
    Gostaria de saber o que mudou na saude de quem passou a tomar o kombucha?
    Depois da chikungunha fiquei com artrite reumatoide e sindrome de sjogren. Ouvi alguns relatos que o uso do kefir e do kobuncha ajuda na inflamação das articulaçoes.

    1. Oi, Rosana. Não existe nada médico de fato provado que o kombucha melhore uma coisa ou outra. Sugiro que você busque seu médico e pergunte ele sobre o uso do Kombucha associado a esses pontos que você falou. 😉

      1. Oi, Denise. Infelizmente me mudei para São Paulo e não tenho como te entregar. Mas sabia que você pode reproduzir o seu em casa, mesmo sem um SCOBY? Se você seguir a receita desse post aqui, não tem erro. Recomecei minha cultura há alguns meses com esses passos bem fáceis! 😉

  7. Boa Tarde! Gostaria de repassar minha experiencia e produção do SCOBY; Faço uso do Kefir e Tibico a mais de 3 anos, sou residente em Goiânia. No meu caso o Tibico (Kefir de água) começou a avinagrar e formar uma película sobre a água com rapadura. Descartava a película, lavava o mesmo e iniciava tudo novamente o processo de cuidados. Fiquei preocupado sobre o ocorrido, achando que tinha contaminado minha cultura, aprendi que a partir dai poderia fazer vinagre caseiro com este processo e que não era contaminação, pois uma método de renovar o Kefir é deixa-lo bem acido. Fazendo estudos e lendo a respeito do Kombucha, descobri que ele (SCOBY) era conhecido como Madre do Vinagre, pensei: Porque não fazer a adaptação deste Tibico (Somente o Liquido, mais a película formada ao Chá preto/verde), levei cerca de 01 mês para a adaptação, a película ficou bem espesso e o sabor maravilhoso. Hoje retiro cerca de 3lt a cada 5 dias de Kombucha para a segunda fermentação, e já iniciei um berçário de SCOBY para doação!

    1. Para saborizar basta adicionar o que você quer. Se quiser, pode refermentar com o açúcar. No caso, se adicionar frutas elas já tem açúcar e vão fermentar, se for chá e coisas do tipo, pode adicionar açúcar pra refermentar.

  8. Estou tentando fazer meu scoby a partir da bebida pronta. Já tem 4 dias.. vi que uma fina película começou a formar em cima, e aumentou um pouco do sedimento em baixo. Não sei se coloquei açúcar o suficiente… me falaram que com 10 dias já se tem scoby pronto.. mas vi aqui que pode demorar até um mês…. como vou saber??? kkkkk
    Depois de pronto eu jogo parte do liquido fora, ou utilizo esse líquido para segunda fermentação com suco de uva, por exemplo?
    Adorei a página.

    1. Oi, Ana! A primeira vez sempre da frio na barriga mesmo. Mas o negocio é esperar, deixa ele lá por um mês. Sobre açúcar, em geral eu uso 80g/l de chá e curto muito o resultado, mas isso é uma coisa muito pessoal em geral também.

      1. Meu kombucha do zero não deu certo. kkkkkkkkk Acabei conseguindo doação do scoby… agora engrenou!! Vou experimentar essa dica de 80g/L de chá.
        Obrigadaa

      2. 80 g de açúcar por l de chá? É isso mesmo? Pra refermentar, né? Com essa quantidade não há muita produção de gás?

        1. Oi, Maurício. 80g e para a fermentação primária, quando a levedura é bactérias consomem o açúcar para produzir co2, álcool e a acidez do Kombucha. Nessa fase a produção de gás é intensa, mas sem riscos por não estar lacrado. Para a segunda fermentação, por estar em recipiente fechado sugiro não passar de 7g/l de açúcar (aqui a gente também considera o açúcar de fruta na conta, que é fermentavel) pois acidentes podem ocorrer com a alta produção de gás em recipientes lacrados.

  9. É normal aparecer uma película gelatinosa, como se fosse o início de um novo Scoby, na superfície do líquido em processo de fermentação/saborização? Coloquei 200 ml de chá de hibisco, adoçado com 7g de açúcar, considerando o volume total de 1l de kombucha, numa garrafa pet e 24h depois apareceu a película.

  10. Diego, parabéns pela atenção e paciência em repetir as respostas.
    Vou me aventurar a produzir. Onde moro ninguém faz doação. O preciso saber é sobre temperatura ambiente. Aqui é muito quente (agora 39º, dentro de casa). Como proceder para fazer o scoby e fermentações posteriores?
    AGradeço.
    Maria

    1. Não creio que haja problema com o scoby. O que pode acontecer é que algumas bactérias e leveduras vão se beneficiar mais que outras. Já li que temperaturas mais altas tendem a favorecer as leveduras e por isso você tende a ter um pouco mais de álcool.

  11. Comecei à pouco a fermentar kefir de agua e também fiz konbucha.
    Estou muito satisfeita porque tinha um enorme problema para evacuar passava dias e dias sem o fazer, a partir da altura que comecei a tomar quer um quer outro os meus intestinos como por milagre funcionam todos os dias. Tenho uma úlcera no duodeno com a bacteria H Pilori, ha um ano que tenho tidos dores horriveis no estomago e todos os dias vomitava porque nao fazia a digestão e depois que que comecei a tomar quer o kefir quer o kombucha deixei de tomar o ulcermin e nao tive mais queixas. Esta é a minha verdade. Estou neste momento com um problema: o meu kefir está muito fraquinho e nao sei como resolver este problema. Se alguem me puder ajudar agradeço de todo o coração.

    1. Oi, cidalina. Quem bom que está tendo bons resultados! Mas o ideal é sempre acompanhar isso tudo com seu médico, tá? Principalmente com problemas sérios como o que você descreveu. O kefir pode estar fraquinho por contaminação cruzada com o kombucha. O ideal é deixar os dois em ambientes separados para um não afetar o outro.

  12. Boa tarde, comecei a fazer o scoby a cerca de 2 semanas, porem estou saindo de viagem e só volto daqui 3 semanas. Não sei se ele já está bom… Posso deixar ele fermentando um total de 5 semanas ou melhor trocar a fermentação?

  13. Olá! Recebi meu scoby no saquinho e guardei na geladeira por cerca de 1 semana e pouco. Estava apavorada porque não entendi muito bem de como proceder . Então olhei vídeos e vídeos e cada um fala uma coisa diferente fiquei mais confusa ainda kkkkk
    Então peguei fervi a água fiz o chá verde com 2 colheres de açúcar. Deixei esfriar em temperatura ambiente. Agora com os utensílios indenizados limpos, vou coar o chá, colocar em um recipiente de vidro, colocar o líquido do saquinho do scoby e antes de largar ele dentro do vidro viu lavar ele pois tem umas coisinhas preta e tapar e guardar num lugar escuro isso?
    Me corrige se estou errada por favor quero ajuda pois estou ansiosa para a minha produção.
    E por quanto tempo devo deixar essa fermentação?
    E depois como fazer o mesmo processo?
    E sabores como fazer ?

  14. Olá, olha só, eu estou co um scooby que fiz há uns 6 meses, mas o cheiro está muito forte! A aparência é boa, tem as películas formadas e tals, mas fico com medo de estar contaminado e acabei nunca fazendo a kombucha! como faço pra ter certeza se está tudo bem com meu sc
    ooby?

  15. Ola boa noite, obrigada por compartilhar sua receita 😉 só uma duvida, o chá pode ser em saquinho e se sim, quantos posso usar ?! Ainda não consegui comprar o chá a granel e ja tenho esse em casa ! Obrigada!

    1. Oi, Lyna. Pode ser saquinho sim, cada colher de sopa de chá tem aproximadamente 1 a 1,5g de chá, basta ver o peso de cada saquinho e usar quantos precisa para a colher de sopa. Com o tempo você vai aprendendo melhor as quantidades e adaptando ao seu estilo. 😉

  16. Olá, recebi um Scoby.
    Como faço para multiplicá-lo?
    Quando eu produzir o chá ele já faz outro scoby? Utilizo um pouco desse chá para ativar um outro chá?

  17. Diego, boa tarde.
    Porque devo eliminar 80% do líquido?
    Ele não serve para bebida? Visto que ele e os outros 20% são retirados do mesmo recipiente.

    1. Oi, Kathia. Esse liquido inicial produzido ainda não tem uma cultura muito estavel e é muito ácido, por isso o descarte e o uso de apenas 20%. Mas se quiser, pode usar pra fabricar outros SCOBYs sem problemas ou até mesmo como vinagre (depois de fermentar ainda mais tempo).

  18. Olá, comprei uma Kombucha pra fazer a primeira, e tem um Scoby nela, o que devo fazer? Detalhe, está na geladeira. Posso separar o Scoby, alimentar com mais chá e açúcar, e uma parte da Kombucha?

    1. O kombucha inteiro ou só uma camada superficial? Se foi só a camada superficial, pode ser nromal, isso é chamado de biofilme e é o SCOBY amadurecendo.

  19. Olá Diego
    Olha só ganhei a bolacha e fiz a primeira vez foi sucesso deu certo já tomei ! So que me perdi na segunda vez esqueci de colocar um pouco da kombucha pronta no novo chá só coloquei a bolacha e agora o qe eu faço só lembrei hoje disse já se passaram 3 dias ! O que devo fazer agora ?

  20. Minhas combuchás depois de saborizadas, coladas…Quando engarrafadas, acabam criando um scub dentro. O que eu faço pra não acontecer?

    1. É normal isso acontecer. A unica forma de não acontecer é pasteurizando a bebida, mas você acaba matando todas as leveduras e bacterias e perdendo o potencial probiotico. O melhor é coar na hora de servir, sempre faço isso.

    1. Oi, Jesuina. Você tem dois caminhos, um é fazer um chá novo e deixar ele fermentando normalmente durante os 30 dias. E quando você voltar, é só descartar 80% do liquido e fermentar normalmente – vai estar MUITO ácido. Ou então você pode iniciar a fermentação e depois de uns 5 ou 6 dias, coloca em um pote tampado na geladeira. Prefiro o primeiro método.

  21. 5 stars
    Olá Diego, o post é antigo mas muito esclarecedor. Cheguei aqui fazendo uma pesquisa sobre kombucha pois ainda não encontrei nada que tire essa minha dúvida. Eu tinha (tenho) uma colônia de kéfir de água que é alimentada com rapadura. Um dia eu coloquei caldo de cana fresco no vaso e guardei no armário, local habitual. Adoeci e não mexi na colônia por mais de 15 dias. Quando abri o armário, tinha formado uma Scooby de 0,5 cm. O cheiro do líquido era agradável. Fiquei sem saber o que fazer e alimentei de novo a colônia com caldo de cana fresco. Deixei outros dias guardado pois não estou fazendo uso do líquido. Quando olhei de novo, estava se formando nova Scooby e a debaixo tinha crescido mais, estava bem bonita. Postei em um grupo e me disseram que era sim uma Scooby e que estava bastante bonita. Sem saber o que fazer com uma Scooby, pedi ajuda. Me ensinaram. Ainda vou fazer. Mas eu realmente gostaria de saber como um kéfir virou uma Scooby de kombucha.

  22. Bom dia Diego tudo bem parabéns pelo seu trabalho tenho uma pergunta fiz minha primeira kambucha fiz tudo certinho mas de por o açúcar no chá posso por depois

    1. Depende do que você chama de depois. O açucar é o que vai servir de alimento pra fermentação, é o que vai ser consumido pelo SCOBY pra fazer o kombucha.

  23. Boa noite, eu não li sobre o chá que deveria ser colocado, coloquei um chá de sete ervas no meu kombucha, será que eu estraguei o coitado? Ele está todo doidão..não está uma bolacha bonitinha..parece descabelado sabe?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recipe Rating




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Fermentando Caos © 2021
Close