Gingerbug: O que é e como fazer uma receita?

14.9K

Quando pensamos em produzir alguns tipos de bebidas fermentadas, é comum ler sobre “Gingerbug” e, obviamente, ficar meio com medo achando que você vai derramar inseto na tua bebida. Mas não é nada disso! Essa cultura ajuda você a fazer deliciosos refrigerantes caseiros e naturais.

Gingerbug é uma cultura de bactérias e leveduras benéficas para o ser humano que é produzida a partir de gengibre e açúcar. A ideia é a mesma de qualquer starter, como os que a gente usa para fazer sourdough ou kombucha, mas nesse caso usamos essa cultura para fazer ginger ale, root beer, alguns refrigerantes de fruta e outros tônicos.

Descubra agora como fazer o seu Gingerbug em casa para começar a fermentar outras bebidas!

Ir para a Receita

Se preferir, veja o vídeo da receita no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=xzCzmCv5tAw

5 de 1 opinião

Gingerbug

Aprenda a fazer o Gingerbug, uma cultura starter para seus refrigerantes naturais e feitos em casa!
Tempo de Preparação 5 mins
Fermentação 8 d
Tempo Total 8 d 5 mins

Equipamento

  • Pote de Vidro
  • Tecido Voil
  • Borrachinhas
  • Ralador Manual ou Processador de Alimentos
  • Álcool 70 para sanitizar

Ingredientes

  • 150 g Gengibre
  • 300 ml Água filtrada
  • 30 g Açúcar Refinado

Instruções

  • Comece pela limpeza
    Comece lavando levemente a raiz de gengibre. A ideia aqui é tirar pedacinhos de terra ou de poeira de onde ele ficou exposto, não precisa esfregar muito e nem usar nenhum produto específico, apenas água.
  • Rale o gengibre
    Rale o gengibre, não precisa ser extremamente fino. Eu normalmente uso um processador com o equipamento para ralar, mas se você não tiver, tudo bem, pode usar um ralador manual – só vai dar mais trabalho.
  • Coloque tudo no pote
    Adicione a água, o açúcar e o gengibre ao pote e misture tudo muito bem para diluir o açúcar na água.
  • Vamos fermentar
    Para fermentar, encontre um local escuro, arejado e longe de poeira ou gordura que normalmente você tem na cozinha.
  • Durante os 5 primeiros dias, alimente sua cultura
    Nos próximos 5 dias depois de você preparar sua mistura, adicione uma colher de chá de açúcar refinado. Esse açúcar vai ajudar a fortalecer sua cultura – mas não se preocupe, esse açúcar vai ser consumido pela sua cultura e vai ser transformado em ácidos e gás carbônico.
  • A partir do oitavo dia, sua cultura está pronta!
    Lá pelo quinto ou sexto dia você vai começar a perceber algumas bolhas entre os gengibres e isso quer dizer que está fermentando! Mais ou menos pelo oitavo dia sua cultura vai estar pronta pra ser usada em seus refrigerantes caseiros e naturais.

Vídeo

Autor: Diego Dacal
Custo Aproximado: 3 Reais
Palavra Chave: gingerbug, starter

Join the Conversation

  1. Esse fermentado resultante pode ser adicionado à 2ºfermentação do kombucha como um saborizante?
    É que já fiz algumas tentativas de saborizar meu kombucha com gengibre e não fiquei muito satisfeita, não achei um sabor marcante do gengibre. Teria alguma recomendação?

    1. diegodacal Author says:

      Nunca fiz esse cruzamento não. Mas pode ser interessante testar. Separa um tanto do seu kombucha e testa! Sobre gengibre, eu tenho bons resultados. O que faço é ralar o gengibre e extrair apenas o liquido usando um pano voil.

  2. Olá Diego, adoro teu site! Fermentados são minha paixão. Estou testando o gingerbug agora já faz uns 15 dias que comecei, aqui no sul esta muito frio e por isso achei que levaria mais tempo mesmo para se desenvolver a cultura. Porém, não percebo atividade nenhuma no pote, não há bolhas e muito menos mofo. O cheiro lembra levemente levedura, eu provei bem pouco para saber do gosto e está maravilhoso.. estou confuso com o fato de não ver reações. Teria alguma recomendação?

    1. Diego Dacal Author says:

      Isso tem acontecido bastante comigo depois que me mudei pra SP, sabia? Uma coisa que tem funcionado é colocar perto da parte de trás da geladeira, que fica quentinho e fermenta mais rápido. Outra coisa que você pode testar é fazer um refrigerante de fato, numa garrafinha de 500ml de água com gás e um pouco da cultura. Daí você fecha e aperta a garrafa pra ver se está gaseificando certinho. Já que não tem mofo e o cheiro lembra levedura, parece estar tudo bem, só deve estar trabalhando devegara mesmo.

      1. Ta certo! Partirei para o ginger ale então! Eu deixo o meu encima do modem kk mas to impressionado com a pouca atividade. Porém, é de se esperar aqui no RS estamos a 5ºC. Obrigado Diego. Se der bom, te digo! Abraços!

  3. Olá Diego, estou mergulhando no mundo das fermentações, a todo momento um novo teste rsrsrs! Mas estou com uma dúvida sinistra que há dias tenho procurado sobre, mas não vejo nada que possa me ajudar… tipo em minhas aventuras as vezes tem rolado, principalmente no ginger bug, uma camada esbranquiçada se formando na superfície, tipo bem fina e com textura aparentemente aveludada, não tipo pelos sabe, mas aveludada, e bem branquinha, essa seria a levedura, ou minha fermentação está doente e tenho que descartar?! Agradeço, se puder me dar essa ajuda, até mais, e parabéns pelos conteúdos!!

    1. Diego Dacal Author says:

      Oi! Então, pelo que você descreveu parece ser uma levedura que é chamada de Kahm. Em teoria sua fermentação não está doente com o Kahm, apenas teria um gosto de fermento mais acentuado. Porém, como não temos como saber o que é EXATAMENTE esse filme branco em cima da fermentação, eu descartaria o que tem hoje, esperaria umas duas semanas para fazer outra e talvez guardasse em outro armário mais longe ou algo assim. Não sei se você guarda sua experiências todas no mesmo armário, mas isso não é bom também por causa de contaminação cruzada – tipo kombucha e gingerbug. 😉

    2. Boa noite, enfim o feedback do meu gingerbug, usei ele para fazer um refrigerante de pomelo e deu super certo <3 O pomelo é uma fruta maravilhosa ainda mais pra quem curte um amarguinho. Além disso, carbonatou muito bem. Ficou uma delícia. Grato por todo auxílio. Abraços!

  4. Alguém sabe me dizer porque o meu Ginge bug está gosmento ,e a minha primeira cultura .

    1. Diego Dacal Author says:

      Oi, Maria. Em teoria isso pode acontecer com seu gingerbug. Algumas coisas que você deve pensar pra avaliar se deve jogar fora ou não: usou água de boa procedência e com menos cloro possível? O gengibre que utilizou era orgânico? Impediu que pequenos insetos e animais entrassem? Deixou longe de outras culturas como o Kombucha? Está a temperatura ambiente (aqui vc pode tentar subir um pouco a temperatura para proximo a 27C)?
      Tenta avaliar melhor sua cultura com respostas a essas perguntas, mas se em qualquer momento se sentir insegura, joga fora e recomeça!

  5. Olá, Diego! Após o 7º dia devo “coar” e descartar o gengibre e começar uma NOVA do zero? Ou continuo alimentando com açúcar + gengibre + água conforme for retirando (infinitamente)?
    Obrigado pelo conteúdo!

    1. Diego Dacal Author says:

      Isso, vai alimentando infinitamente! Desse jeito sua cultura vai ficando mais estavel e mais forte com o tempo. Parecido com o conceito do Levain para fazer pães.

  6. Olá Diego boa noite ,alguém sabe me dizer porque o gingerbug não cria bolhas ,e tem cheiro gostoso, mas a água com uma cor esbranquiçada ,o gosto está bom mas não tem bolhas .

  7. Boa tarde.
    Depois que estiver pronto lá pelo 7º dia, eu tiro o liquido (200ml) e acrescento mais água e açúcar.
    Precisa continuar colocando gengibre?

  8. Ola bom dia, mto obrigada pela receita e atenção! Estou querendo começar o processo, mas tive algumas dúvidas, de 5/8 dias, todos os dias ponho gengibre e açúcar?! Qd for finalizado o processo, como faço o ginger propriamente dito?! Como faço para a render a porção?! Por ex faço 1l de alguma bebida suco/chá e adiciono o líquido ginger fermentado ?! E depois o q faço com a fermentação, volto a pôr diariamente gengibre e açúcar, para mante lo ?! Ja peço desculpas por incomoda lo … kkkkk mas comecei agora, ainda vou para meu seg passo de kombucha … bem nova nessa linha de “fermentação” kkkkk mas mto obrigada!

  9. E em quais preparações podemos usar? A gente usa o líquido? Ou o gengibre?
    Obrigada por compartilhar seu conhecimento 😊🙏

  10. Olá, foge ao assunto, mas talvez vc tenha conhecimento sobre outros microorganismos. Meus avós italianos faziam um doce típico da região deles, chamado “Sugoli”, é suco de uva (era natural do quintal ) cozido por um tempão com um pinguinho de amido de milho ou farinha de trigo. Isso reduz, e na geladeira fica como uma gelatina. Eu me recordo que, depois de um tempo mesmo dentro da geladeira, crescia um fungo peludinho sobre essa sobremesa. Meu avô comia assim. Tem ideia de qual microorganismos pode se tratar? Isso não faz mal a saúde? Desculpe se desvio do tema, mas faz anos que busco esclarecimento sobre isso. Muito agradecida pela atenção!!!!

  11. MERCIA APARECIDA PIRES says:

    5 stars
    Olá Diego o ginger bug ele recuperar o intestino muito inflamado quero fazer um fermentando
    de ginger bug

    1. Diego Dacal Author says:

      Oi, Mercia! O gingerbug tem probioticos beneficos a sua flora intestinal. Mas infelizmente só seu médico vai poder dizer se ele ajuda a reduzir intestino muito inflamado ou mesmo se é recomendado consumidor bebidas probioticas com intestino inflamado. Procure seu médico. Abs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recipe Rating




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Fermentando Caos © 2021
Close