Kombucha: Benefícios para sua Saúde

A popularidade do Kombucha vem crescendo mais e mais e algumas pessoas ousam até em chamá-lo de “chá milagroso”. Apesar de ter origem e etimologia imprecisas, acredita-se que o Kombucha tenha aparecido na China há mais de 2 mil anos e era chamado de “elixir da saúde imortal”.

O Kombucha é uma bebida fermentada feita a partir de um chá (preto ou verde) adoçado com açúcar comum e fermentado durante aproximadamente uma semana por uma colônia simbiótica de bactérias e fungos, também chamada de SCOBY (symbiotic colony of bacteria and yeast). O resultado da fermentação é uma bebida ácida, com um teor alccólico mínimo, que pode ser misturada com suco de frutas e que é rica em probióticos, ou seja, bactérias benéficas para a sua saúde.

Benefícios do Kombucha

Alguns blogs e veículos de comunicação afirmam que o Kombucha é bom para mil coisas, como: melhorar a flora intestinal, curar artrite, perder peso, curar diabetes e câncer, aumentar a libido, reverter cabelos brancos, entre outros. Porém, existem poucas pesquisas que comprovem a eficácia da bebida para a maioria destas razões.

Apesar da falta de pesquisa, pode-se afirmar que o Kombucha é benéfico para alguns pontos devido a sua composição:

  1. Sistema Digestivo
    Os probióticos e os ácidos benéficos presentes na bebida ajudam a melhorar a sua flora intestinal, combatendo qualquer mal estar digestivo e até a candidíase.
  2. Perda de Peso
    O ácido acético presente na bebida estimula o metabolismo e controla o acúmulo de gordura.
  3. Imunidade
    As bactérias benéficas em conjunto do estímulo ao metabolismo contribuem diretamente para a melhora na sua imunidade. Os antioxidante presentes na bebida também atacam os radicais livres do seu corpo.
  4. Protege o Fígado
    O ácido glucorônico presente na bebida contribui para a limpeza do fígado, elimando qualquer acúmulo de toxicidades.

Riscos Associados

Algumas literaturas falam sobre problemas de saúde, principalmente no fígado e rins, relacionados ao Kombucha. Recomenda-se que pessoas com baixa imunidade, grávidas ou crianças não consumam esta bebida.

É ainda mais importante saber a origem do chá que você está consumindo e ter certeza de que ele foi produzido em condições sanitárias ideais. Como a bebida não pode ser pasteurizada (caso seja, os probióticos são desativados) alguma colônia invasora pode ser nociva a sua saúde.

Fermentar não é mole!

Veja também: Sociedade Vegan e Medical Daily

diegodacal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.