Fazendo o primeiro Chucrute (ou Sauerkraut)

Um dia desses resolvi tentar fazer meu primeiro Chucrute, ou Sauerkraut diriam os alemães. Esse é um prato tido como tradicionalmente alemão e é acompanhado por algum tipo de salsicha ou carne de porco, leve como a vida deve ser! Mas a verdade é que existem mil variações de fermentados de repolho de diversas regiões da Europa e até China, minha esposa é descendente de Poloneses e a família dela tradicionalmente come Sauerkraut desde que ela se conhece por gente.

Dependendo do lugar a receita de Sauerkraut sofre algumas variações, algumas menores outras maiores, mas o princípio é sempre o mesmo, a lactofermentação, onde os lactobacilos produzem o ácido lático, que por sua vez inibe o processo de putrefação, permitindo que existam os alimentos em conserva! Algumas receitas, como a que eu fiz, levam apenas o repolho, sal e água. Outras usam farinha de trigo, gengibre, vinho branco, nata azeda, kümmel e outras iguarias.

A principal coisa ao se fazer Chucrute ou algum um fermentado desse tipo é não ter medo e tampouco ser paranóico com tudo. Imagina que isso já é feito há milhares de anos!

chucrute antes e depois

A receita de Chucrute

Ingredientes e Equipamentos

  • 600g de Repolho verde ou roxo
  • 1 colher de sopa de sal
  • água filtrada, caso precise
  • Um pote grande com tampa (tipos os de palmito) e outro menor
  • Faca
  • Tábua de corte
  • Bacia grande
  • elástico
  • pano ou papel toalha

Fazendo o Chucrute

Fazendo Chucrute

  1. Lave muito bem todos os seus utensílios, inclusive suas mãos, antes de usá-los. A fermentação é um processo delicado e devemos tomar cuidado com contaminações;
  2. Corte o repolho em finas tiras, removendo e descartando a parte mais grossa do centro;
  3. Coloque o repolho na bacia e adicione o sal;
  4. Amasse tudo com as mãos durante uns 10 minutos. Neste passo o sal vai se misturar com o repolho e ele vai soltar bastante líquido;
  5. Coloque tudo – o repolho e o líquido – dentro do pote grande;
  6. Limpe muito bem o pote pequeno e coloque-o dentro do grande com alguma pressão, de modo que ele empurre a parte sólida da sua mistura para baixo fazendo com que fique totalmente submersa no líquido;
  7. Durante as primeiras 24h aplique um pouco mais de pressão no pote menor, para compactar tudo, de tempos em tempos. O oxigêncio é seu inimigo neste passo;
  8. Se tiver pouco líquido depois de 24h e partes sólidas para fora, faça uma mistura de água com um pouco de sal – 1 colher de chá – e adicione;
  9. Deixe descansar entre 3 e 10 dias (deixei o meu durante 8 dias) ao abrigo da luz e de umidade. Depois de 3 dias você pode começar a provar e ver quando está bom para seu gosto;
  10. Quando estiver bom, tampe bem e conserve na sua geladeira;
  11. Compre um bom würst e coma o sauerkraut esquentado com manteiga! 🙂
diegodacal

6 thoughts on “Fazendo o primeiro Chucrute (ou Sauerkraut)

  1. Olá, boa noite.. adorei encontrar esse blog, muito bom, a começar pelo nome.. Então, esse chucrute parece bastante fácil, mas não entendi muito o lance dos potes.. me parece difícil encontrar um que se encaixe dentro de outro que terá uma quantidade de 600 gr e sem contato com o oxigênio..Se eu conseguir esse pote menor, não vou fechá-lo dentro do outro. estou certa? Talvez colocando um filme plástico? Parabéns pela qualidade das postagens, temas e textos!

    1. Também achei complicado! Mas a ideia é deixar todo o repolho submerso no liquido, senao ele pode ficar ruim e contaminar tudo. Daí voce pode encontrar a melhor forma que se encaixa no que voce quer. Eu uso um plastico alimenticio com furinhos hoje. Ah, lembra que usar metal ou qualquer plastico nao é legal!

  2. Fiz e o meu está ficando muito bom, tá com 7 dias vou deixar mais pois está pouco ácido. Vou testar colocar alguns temperos… Fica bom refogado na manteiga com ervas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.