Cerveja de Milho, SIM!

205

Muita gente tende a relacionar o uso de milho (ou outros cereais não maltados) na receita da cerveja a algo ruim, geralmente ligado a cervejas de baixo valor e “qualidade”. Ou seja, nossas Antárcticas, Brahmas, Itaipava e cia. Sou publicitário e tive contato com algumas grandes empresas de bebidas, fermentadas ou não. Em uma dessas ocasiões atendi uma multinacional que vendia uma cerveja no Brasil e o comentários tentavam atacar a marca em geral eram “cerveja de milho”.

Antes de falar de milho uma coisa precisa ser esclarecida. Pilsen não quer dizer “cerveja barata”! Pilsen é um estilo de cerveja Lager que foi criado numa região homônima na República Tcheca. Além disso, o estilo é bastante tradicional da região inteira da Boêmia, que tem uma parte da Alemanha e Áustria também. Uma das cervejas mais famosas da região é a Pilsner Urquell (que vale a visita).

American Adjunct Lager

Porém, quando nos referimos a estas cervejas massivas, estamos nos referindo ao estilo American Adjunct Lager. Esse estilo data do período do prohibition nos EUA, quando os brewers começaram a utilizar alguns adjuntos cervejeiros como milho e arroz para deixar a cerveja mais leve e a receita mais barata, já que utilizavam o malte local e não importado. Eles queriam fazer uma cerveja leve e com alto drinkability como as Pilsen com os insumos que tinham disponíveis. E, convenhamos, tiveram muito sucesso nessa empreitada, não tenho dúvidas que esse é o estilo mais vendido no mundo.

Cerveja de Milho no Peru

cerveja de milho roxo

Mas a questão continua. Uma Stout que usa aveia para ajudar no corpo e na espuma não é uma cerveja ruim por usar aveia. E se falarmos das cervejas Peruanas? O Peru tem trocentas espécies de milho e alguns cervejeiros usam sua tradição local para inovar na cerveja, como na foto da 7 Vidas que tomei no Peru e foi feita com Milho Roxo. Se nos aprofundarmos mais nesse purismo talvez cheguemos na lei de pureza alemã, que a escola cervejeira Belga ignora completamente e faz cervejas incríveis com tudo que tem disponível!

Cerveja não é só água, malte, lúpulo e levedura!

Quando fiz meu curso de Sommelier aprendi uma coisa muito importante. Não existe cerveja ruim (existe mal feita), existe cerveja que não agrada ao seu paladar. E sobre o processo de fabricação, tenho certeza que uma empresa do nível da Ambev não peca no seu processo.

O que importa é ser feliz bebendo a cerveja que gosta. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
Your custom text © Copyright 2020. All rights reserved.
Close